Mais de 50 grifos-africanos envenenados no Zimbabué ameçando a sustentabilidade da espécie

Mais de 50 grifos-africanos envenenados no Zimbabué ameçando a sustentabilidade da espécie

Mais de 50 grifos-africanos (‘Gyps africanus’) foram envenenados no Zimbabué, naquele que é o mais recente massacre em massa de uma espécie em grave risco de extinção, afirmou hoje uma organização de defesa dos direitos dos animais.

Os 52 especímenes de grifos-africanos, uma espécie nativa da savana da África Subsaariana e que integra a lista vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN na sigla inglesa), foram acidentalmente envenenados no distrito agrícola de Featherstone, a sul da capital zimbabueana, Harare, na semana passada.

“Um total de 17 grifos-africanos foram resgatados e estão em atualmente em reabilitação, com a ideia de serem libertados de volta à natureza”, afirmou a organização BirdLife Zimbabué, num comunicado.

Close Menu
Right Menu Icon