Colocação da “roda” da última turbina de Laúca está concluída

Colocação da “roda” da última turbina de Laúca está concluída

A Central Ecológica do Aproveitamento Hidroeléctrico de Laúca, província de Malanje, conta a partir de quarta-feira última com a conclusão da colocação da “roda” da sétima e última turbina desta barragem.

Segundo o Gabinete de Aproveitamento do Médio Kwanza (GAMEK), a “roda”, com um peso aproximado de 20 veículos ligeiros, é a peça que recebe o impacto da água que permite accionar o gerador da máquina para que a mesma se transforme em energia eléctrica.

Com cerca de 128 metros de queda líquida nominal, a Central Ecológica vai produzir energia a partir dos 60 metros cúbicos/segundos de caudal ecológico necessário para preservação do meio ambiente, num espaço de dois quilómetros do leito natural do Rio Kwanza, no troço entre a barragem e a Central Principal de Laúca.

A conclusão total da turbina ecológica do Aproveitamento Hidroeléctrico de Laúca vai permitir adicionar anualmente mais de 500 mil megawatts/hora de energia eléctrica ao Sistema Interligado, e beneficiar cerca de meio milhão de pessoas.

Estão em funcionamento comercial cinco das seis unidades geradoras previstas para a Central Principal de Laúca, sendo que, no primeiro semestre do próximo ano, entrará em funcionamento pleno o sexto grupo gerador.

As obras em Laúca, que vão num ritmo desejável, estão sob a responsabilidade da empresa Odebrecht Engenharia e Construção (OEC), e conta com participação das empresas Andritz e Elecnor.

Close Menu